Ganhar dinheiro sem sair de casa. Esse foi o sonho de muita gente, por muito tempo, e com o advento da internet se tornou completamente ao alcance.

O simples acesso a um computador pode te ajudar a faturar, e é ideal para quem quer mudar de vida.

Ou para quem quer apenas complementar a renda.

Você se encaixa nesses perfis, mas não tem ideia de por onde começar?

Para te ajudar a se encontrar, listamos algumas dicas do que você precisa e do que fazer para ganhar dinheiro trabalhando na internet!

Empreendedorismo-Digital

Ganhar dinheiro na internet: o que preciso?

Ganhar dinheiro trabalhando na internet é uma opção, mas não significa que será fácil. Assim como você, milhares de pessoas estão tentando tirar valores da rede, e a concorrência vai existir em qualquer nicho de atuação. Por isso, antes mesmo de definir um novo trabalho, é fundamental estabelecer sua área de interesse.

Para tal, você precisa ponderar: qual sua habilidade? Sobre o que você gosta de falar? Sobre o que tem conhecimento para abordar? Digamos, por exemplo, que você é formado em Contabilidade. Investir no trabalho nessa área pode ser a melhor opção, uma vez que você tem conhecimento e experiência no assunto.

Definido seu interesse, você vai precisar se dedicar a duas virtudes: a paciência e a perseverança. Afinal, os resultados do seu trabalho na internet dificilmente aparecerão de uma hora para a outra.

Você vai precisar insistir, buscar clientes incansavelmente, estabelecer métodos e metas. Deverá também insistir na divulgação dos seus serviços, publicando em portais de emprego, de serviços freelance, em suas redes sociais e em grupos relacionados. A família e os amigos também podem ajudar neste quesito. Aos poucos, e realizando tarefas bem-feitas, sua atuação será divulgada espontaneamente, e aí o lucro vai começar a aparecer.

Neste meio tempo, é essencial ainda estabelecer boas relações com seus clientes. Lidar com pessoas nem sempre é fácil, e cultivar uma relação cordial e de dedicação é o que vai criar sua fama. Por vezes, mais que o trabalho bem elaborado.

Isso vale ainda para situações nas quais você não lida diretamente com pessoas. Como ao criar um blog: caso surjam críticas negativas, não crie discussões desnecessárias. Na internet, um simples rebote pode manchar sua reputação.

Lembre-se ainda que boatos se espalham e, caso você destrate um usuário, ele pode facilmente divulgar opiniões pouco interessantes ao seu negócio.

O que fazer?

Com essas dicas em mente, você vai precisar definir exatamente o que fazer. As alternativas para atuar na internet são diversas, e devem combinar com suas habilidades. Trabalhando online, você pode:

1. Oferecer consultoria

Se você possui conhecimento em uma área específica, uma ótima opção para ganhar dinheiro trabalhando na internet é oferecer consultoria. Isso significa oferecer seus saberes para resolução de problemas de outras pessoas, ajudá-las a atingir um objetivo específico.

Quem faz este trabalho, além de consultor, é também chamado de Personal Coaching. O termo surgiu nos Estados Unidos e se refere a um instrutor que oferece orientações para resolução de um aspecto definido. Qualquer conhecimento é relevante para consultoria: contabilidade, dicas de moda, de nutrição, consultoria jurídica, esportiva, de carreira, de relacionamentos ou outras áreas. Áreas nas quais você possua habilidade e em que possa ser contratado para oferecer conselhos e atendimento.

Os atendimentos de consultoria podem ser realizados por meio dos diversos meios virtuais existentes. Isso inclui e-mail, redes sociais, Skype, Whatsapp, e telefone, quando você e cliente acharem interessante.

ganhar-dinheiro-online

2. Trabalhar com infoprodutos

Com expertise em uma área, você pode também investir na elaboração de produtos próprios para a internet, chamados de infoprodutos.

Os infoprodutos são materiais como vídeos, cursos online, ebooks, palestras transmitidas ao vivo e outros semelhantes.

Essa é uma ótima maneira de ganhar dinheiro de verdade trabalhando pela internet (veja este site aqui para conhecer mais formas para ganhar dinheiro e ter um negócio lucrativo).

Para quem oferece consultoria, essa pode ser uma saída bastante interessante para agregar ao trabalho de coaching, reafirmando seu conhecimento na área. Mas a produção pode também ser feita de forma independente.

Para um bom conteúdo, é fundamental produzir mais do que informações de qualidade – é necessário que os materiais tenham um visual atraente, de preferência multimídia. É interessante da mesma forma que ele possa ser acessado de diferentes dispositivos, como smartphones e computadores.

Caso não tenha aptidão para essa produção visual, você pode contratar ou realizar parcerias com profissionais do design e da informática. Depois, invista na divulgação e em convidar pessoas a baixarem o conteúdo. Quanto melhores as informações e o visual do material, mais fácil será “vendê-lo” e conseguir adesão em infoprodutos futuros.

3. Ser um digital influencer

Você com certeza já ouviu falar de pessoas que ganham dinheiro apenas postando fotos, e talvez não tenha levado a ideia muito a sério. No entanto, ela é bastante real.

Os chamados digital influencers são pessoas com grande número de seguidores em redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram, e que por isso tem poder bastante grande de divulgação de um produto.

Exemplos de casos de sucesso de digitais influencers são: Camila Oto, Gabriela Pugliesi, Mariana Saad, Winderson Nunes, entre muitos outros.

Assim, caso publiquem uma foto ou vídeo na web, o produto da imagem pode ter suas vendas aumentadas, e então o influencer ganha por isso.

De qualquer modo, porém, é preciso parceria com uma marca – não adianta apenas sair falando sobre ela e achar que assim receberá valores. Você precisa angariar seguidores e curtidas na publicação em específico.

Alguns influencers conseguem ganham milhares de dólares por publicação, outros apenas algumas centenas. Tempo e seguidores são importantes para o sucesso nessa carreira.

Ajuda também se você for alguém que oferece outros conteúdos, como um blog ou vídeos espalhados pela internet.

4. Investir no e-commerce

Já se você tem aptidão para vendas, sua melhor alternativa pode ser o e-commerce, ou seja, o comércio realizado por meio da internet. Os produtos comercializados podem variar de acordo com o nicho de mercado que você considerar interessante, ou de acordo com algo que você tenha acesso facilmente.

Se você produz algum artesanato ou peça exclusiva, por exemplo, pode aderir ao e-commerce oferecendo seus produtos. Ou então realizar a compra de bens por valores mais baratos, e então revendê-los online. O principal é estabelecer uma marca, e divulgá-la.

O e-commerce pode ser realizado de diversas formas. Você pode, por exemplo, criar um site próprio para a venda. Inserir uma loja dentro de um blog é igualmente interessante. Assim como investir na venda por plataformas como o e-Bay, OLX, Elo 7, Mercado Livre e outras semelhantes. No caso destas últimas plataformas, elas podem ser ideais ainda se seu e-commerce for algo momentâneo – quando você possui algo e deseja vendê-lo.

Entretanto, se o objetivo for o trabalho, o comércio em grande escala, é importante estabelecer boas relações com seus fornecedores. Assim, ao longo do tempo, sua compra ficará mais barata, e a venda para terceiros vai gerar mais lucros.

5. Ter um blog

A área da produção de conteúdo é uma das mais amplas para se ganhar dinheiro trabalhando na internet. Para ter sucesso neste quesito, no entanto, você precisa estabelecer um nicho temático e investir na produção de qualidade. Publicando estas informações num blog, você terá uma concentração do seu trabalho. Após certo investimento de saberes, então, as informações poderão render bastante. Necessário destacar que a quantidade de textos relevantes publicados é tão importante quanto a qualidade dos conteúdos.

A renda proveniente de um blog começa por meio do número de acessos ao site. Quanto mais ele é visitado, mais rápido e maiores os valores recebidos por conteúdo. Isso porque, à medida que o portal passa a ter notoriedade, torna-se mais fácil vender espaços para anúncios dentro dele. O anúncio publicitário é uma da das principais fontes de lucros de um portal.

Com o crescimento de seu blog, o Google Adsense pode ainda disponibilizar alguns links patrocinados no seu portal. Neste caso, é necessário fazer um cadastro no site da empresa e adicionar blocos de anúncio no seu blog. A cada vez que um usuário clicar neste anúncio, você receberá valores por ele.

Além disso, há programas de afiliados que pagam por vendas efetivadas a partir de seu blog. Ou seja: há uma propaganda em seu portal. Ali, o usuário clica no anúncio, é direcionado à página do vendedor e efetiva uma compra. Você então recebe uma comissão por esse comércio.

6. Produza conteúdo

A produção de conteúdo pode ir bem além da publicação em blog próprio. Isso significa que você pode gerar produtos como redator web, escrevendo para outros sites.

Pode também se tornar um produtor de vídeos para internet. Assim como faz o Google Adsense, o Youtube gera lucros ao produtor a partir de um certo número de visualizações do material, na casa dos 30 mil.  Os lucros surgem por meio das inserções de anúncios no vídeo.

Existem várias ideias lucrativas nesse vídeo também.

trabalhar-na-internet

7. Seja freelancer

Dentre todas as alternativas para se ganhar dinheiro na internet, ser um freelancer é provavelmente uma das mais populares. Ser freelancer significa realizar serviços esporádicos para alguém, como acontecem nos famosos “bicos” no Brasil. As áreas de atuação neste caso são imensamente variadas: você pode trabalhar como redator web, designer gráfico, tradutor, gestor de mídias sociais, locutor e web designer. Saindo da área da Comunicação, há também a possibilidade em ofertar serviços esporádicos como contador, vendedor, agente de viagens e diversos outros.

Como fotógrafo, profissional ou amador, o trabalho freelancer costuma ser igualmente vantajoso. Afinal, além de oferecer o serviço de fotografia na internet, você pode produzir imagens e vendê-las para bancos de dados e publicações. Isso significa disponibilizar fotos para jornais, revistas e sites, e para bancos de imagens como o PixaBay, iStockPhoto e Fotolia.

E então, qual destas alternativas para ganhar dinheiro na internet se encaixa no seu perfil?

Matheus Bertoluci